Featured Posts
Recent Posts
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Google Classic

Deixo o seu ego do lado de fora!!!

O texto abaixo foi escrito por Tiago Heck (Head coach da CrossFit Sampa), um dos pioneiros do CrossFit no Brasil desde que o programa chegou ao país em 2009.O texto é longo, mas vale cada segundo dedicado a sua leitura!!!

O tema de hoje deve ser o mais subjetivo dentro da modalidade, mas, em minha opinião, o mais “fantástico” de todos: os benefícios do CrossFit para nossa mente.

O CrossFit e a Mente Humana (by Tiago Heck)

Para quem pensa que CrossFit é ir “malhar” o corpo de forma diferente se engana em vários aspectos. Primeiro que não “malhamos”, treinamos; segundo que o corpo é somente um meio de se chegar às coisas mais importantes na vida, às realizações! Esse programa de treinamento envolve muito, mas muito mais mesmo, do que apenas mexer com o corpo, ele tem ganhos imensuráveis e hoje iremos falar um pouco de um deles.

Quando digo que a avaliar a mente é subjetivo, é por não conseguirmos mensurar o quanto nossa “cabeça” melhora depois que começamos a treinar! Fisicamente isso pode ser medido o tempo todo com nossos recordes pessoais em cargas, ou em tempo de execução sendo “batidos”, pois matematicamente isso é mensurável; mas por trás disso tudo, existe a nossa mente, que apesar de não conseguirmos quantificar sua influência, é uma das grandes responsáveis, se não a principal, na superação de nossos limites.

Esse fator psicológico é o que mais tem me impressionado nos praticantes de CrossFit. É onde mais vejo evolução entre os alunos, e por uma razão simples: todos chegaram ao início dos treinos com o mesmo potencial físico (geneticamente falando) e, até onde conheço isso não se altera muito; mas a mente, meus amigos… Essa é infinitamente alterável! Basta analisar, por exemplo, nossa habilidade em mexer num smartphone atualmente, muitas vezes caminhando e até dirigindo; o que é bem errado a propósito. Mas você consegue imaginar se isso seria possível há 10 anos? Teríamos gente tropeçando e batendo o carro a cada minuto nas ruas. A mente pode aprender muitas coisas, e nos treinos não é diferente. Nosso corpo nasceu já com um determinado potencial; só não veio com o manual de instrução para alcançá-lo! Temos que passar por várias provas diárias para saber como funcionamos e esse aprendizado tem um comandante, nosso cérebro; é ele quem manda nessa história de superar seus limites e não os suplementos que você toma, nem a roupa que você usa, e muito menos os seus músculos, mas sim o que está acima do seu pescoço!

Quando entrei na primeira CrossFit da minha vida, li uma frase que dizia: “deixe seu ego do lado de fora”. Como eu estava no Canadá, achei que era uma cultura local, mas fiquei intrigado com aquilo. Como assim me mandam deixar meu ego lá fora? E digo mais, o meu “ego” não entendeu isso; ele ficou incomodado. Mas confesso que adorei, pois sempre ouvi que o que mais atrapalha nossas realizações é ficarmos olhando para nós mesmos, e realmente, depois que fiz a Fran (21-15-9 de thrusters e barras), o primeiro wod da minha vida, entendi que a sua mente pode te ajudar ou te atrapalhar… E muito! Nesse caso ela me dizia para desistir, mas ainda bem que havia um coach “lá berrando no meu ouvido” e não deixou isso acontecer. Hoje, nós coaches fazemos isso diariamente!

Veja bem, a frase não era “livre-se do seu ego”, isso não existe! Dizia apenas para deixar sua parte “fraca” da mente fora do box; aquela que fala para você desistir, ou que diz que aquilo não é para você, e que você está se expondo na frente dos outros, que vai perder a disputa nos treinos do dia e que blá, blá, blá. Não importa o que sua “cabeça” fala nessas horas; o que importa é o quanto você quer melhorar sua vida, o quanto quer melhorar sua saúde e o quanto quer realizar novas conquistas, como aprender movimentos novos e se conhecer melhor. Essa é a parte boa do ego em minha opinião! Na verdade, não sou psicólogo para saber exatamente qual parte da mente, para a psicologia, é a de buscar superação diária, mas trabalho nisso diariamente com meus alunos, pois é o que buscamos: estar sempre melhorando naquilo que ESCOLHEMOS!

Vejo freqüentemente pessoas iniciando no CrossFit com sua autoestima “lá embaixo” e, depois de alguns meses e alguns levantamentos de pesos, observo que muita coisa mudou nelas; não no corpo em si, mas no olhar… Por vezes mais confiante e sedento por desafios. Sim, meus amigos, todo ser humano tem “super poderes”! Pode, apenas, não saber usá-los, o que acredito que num lugar como uma CrossFit, possamos identificar e exercitar o tempo todo nossos potenciais físicos e psicológicos. O quanto agüentamos passar por aquele esforço, o quanto precisamos ficar atentos às estratégias, e o quanto precisamos pensar durante o treino. Sim, pensamos muito no meio do “caos”! Em como manter a técnica, se devemos acelerar ou diminuir os movimentos… E ainda tendo que contar as repetições, ficar atentos com o cronômetro e “escutar” nosso corpo para dosar, na medida, o nível de esforço. São várias novas exigências mentais, principalmente para quem estava acostumado a fazer atividade física sem precisar pensar muito (“no automático”), e aí quando começa a treinar dentro de um box de CrossFit, observa que ficar bem atento, esperto o tempo todo, é questão de segurança.

Podemos falar horas sobre o quanto a mente é importante em treinos de alta intensidade, não só no CrossFit, mas em muitos outros esportes, onde, com certeza, cada um tem sua história para contar. Porém, o que mais me impressionou e ainda impressiona nesses anos iniciando pessoas no CrossFit, é o quanto elas conseguem evoluir apenas mudando a maneira de encarar as coisas. Você pode ter medo e fugir, ou você pode ter medo e enfrentar. De qualquer forma, o que você “não pode”, é ter a consciência pesada de não ter feito aquilo que se propôs a fazer. E é nesse ponto que encerro esta matéria: na possibilidade de atingirmos uma satisfação imensurável por termos realizado aquele desafio proposto do dia e voltarmos pra casa com a mente tranqüila!

Wod:

4' Amrap

4 Power snatch (50/35)

8 Hands release push ups

12 V-ups

1' rest

4' Amrap

12 V-ups

8 Hands release push ups

4 Power snatch (50/35)

Skill:

Power snatch

Bora treinar!!!Hoje melhor que ontem!!!Deixe seu ego fora do box!!!3 2 1 GO!!!

Cada dia um treino, cada treino um desafio

©CrossFit Cuesta by Mateus Ferraz. Feito para uso exclusivo do ©CrossFit Cuesta.  

Todos os direitos reservados a ©CrossFit Cuesta.